Propósito pessoal e propósito profissional

No século XXI cada vez mais o trabalho e a vida pessoal estão associados. E quando falamos sobre isso, não é sobre levar trabalho para casa, ou fazer do trabalho um momento de lazer, mas sim ser capaz de unir carreiras, trabalhos e empreendimentos que cada vez mais estejam associados ao que se ama e acredita.

Diferente do que os nossos pais e avós viveram, quando o trabalho estava muito mais associado a pagar contas e gerenciar uma família, hoje é possível escolher trabalhos que nos satisfaçam, com a abertura de buscar posições profissionais que cada vez mais estejam moldadas aos nossos propósitos e crenças pessoais.

Intitulada de “a Era do Propósito”, é importante ter em mente que o propósito pessoal é tão importante quanto o profissional e vice-versa. E você já tem os seus propósitos definidos, ou sabe por onde começar a defini-los?

Como primeira parte do processo, é preciso entender o que te faz bem, inclusive quando o assunto é trabalho. Se uma empresa cria missão, visão e valores para seguir, você também pode criar o seu próprio molde, enxergando com muito mais facilidade o que você gosta de fazer.

Para isso você pode definir a sua missão no trabalho, na sua vida pessoal e para o mundo. Para isso existem algumas etapas que te farão chegar a uma conclusão com mais facilidade:

  1. Crie seus próprios valores, usando aquilo que te motiva (ex.: ser útil à sociedade, possuir bons relacionamentos, ter tempo para a minha família);
  2. Tenha em mente o que você ganhará com isso, e depois, o que as pessoas com quem você convive e o que a sociedade ganhará com a sua missão;
  3. Defina ao menos três sentimentos que você não quer em sua vida (ex.: preguiça, ansiedade, procrastinação);
  4. Estabeleça três sentimentos necessários para chegar ao seu objetivo (ex.: determinação, foco e equilíbrio);

Ao conseguir determinar tais fatores, fica mais simples entender o porquê de se fazer um trabalho com prazer e determinação: ele não será só uma fonte de uma atividade mecânica, feita da mesma maneira todos os dias, ele será também o seu processo de mudança pessoal e para o mundo. A diferença em se fazer o que se gosta é oferecer algo a outras pessoas usando o seu talento.

Quando você busca o seu bem-estar, independentemente da área em que pretende atuar, a empresa para a qual você trabalha também passa a perceber que funcionários não são números, e sim talentos em potencial. Satisfação pessoal pode estar, sim, associada ao trabalho!

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Sugestão de leitura:
sobre

Nossa missão é ajudar empresas de pequeno a médio porte a usarem todo o seu potencial somado as ferramentas e possibilidades que o Marketing Digital oferece, buscando sempre potencializar a visibilidade da marca, crescimento e aumento nas vendas!

Newsletter

Assine nossa newsletter mensal para se manter atualizado:

Ao preencher meu e-mail estou ciente das Política de Privacidade e Termos de Uso